Gostou? Compartilhe!

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Continuando a apresentação!


Saudações fraternas!

É com grande alegria que dou continuidade a proposta do blog contando um pouco sobre a filosofia "Transformar o jovem através da arte".


Primeiro, e importante: o blog tem filosofia espírita. Os leigos nos chamam Kardecistas. Se isso for esclarecer o que professamos, tudo bem. Mas, não é a definição mais adequada. Dá a impressão de que a doutrina foi criada pelo Dr. Hippolite Leon Denizard Rivail (kardec) quando não foi. O termo 'espírita' inclusive, foi cunhado por ele. O que ocorre é que vertentes espiritualistas começaram a utilizar do termo. O que, obviamente, pode gerar confusão.


Leitor amigo, conceituei a informação acima de 'importante' porque talvez utilize certos termos, indique leituras, disponibilize textos para peças de teatro que girem em torno da doutrina, mas, as experiências em si com crianças e jovens independem da religião. E, mais importante ainda, costumamos pegar referências, casos e textos de outras religiões. Por que não? Há católicos e evangélicos que fazem trabalhos esplendorosos nesta área.


Voltando a razão do post: não sei como foi a infância do leitor, mas a minha, embora não tenha nascido espírita, foi cheia de viagens e brincadeiras. O fato é que, os primeiros passos como educadora minha mãe deu no lar e eu, fui sim, a cobaia! Muitas das técnicas que ela emprega são dinâmicas aplicadas comigo e que, foram sendo adaptadas às crianças e jovens de hoje.


Tornei-me espírita aos nove. Minha mãe descobriu-se evangelizadora há mais ou menos 11 anos atrás, e, meio sem acreditar nas próprias capacidades, o incentivo de uma amiga a levou a amar o departamento. Foi o que permitiu a ela ir além.


Eu??? Nisso tudo??? Gente, ainda sou 'estagiária'!!!! Acreditam nisso?

O legal da minha participação nisso tudo é que o meu amor pela leitura e pelo teatro e minha dificuldades em me entrosar com os outros jovens e crianças foi a pedra de toque para o início do trabalho que ora realizamos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário