Gostou? Compartilhe!

terça-feira, 3 de maio de 2011

O Jovem espírita quer saber! Super lançamento!

Ah, hoje não dá para ir embora sem falar desse lançamento bacana que recebi via-email do queridíssimo Tio Paulo, super parceiro de atividades da Comeerj (Confraternização das Mocidades Espíritas do Estado do RJ) Pólo XII!

Trata-se do livro " O Jovem Espírita quer saber". Diversas mocidades enviaram os seus questionamentos para um grupo de 25 "cabeções" da doutrina! Divaldo, Raul Teixeira, Isaura Hart...Ih! É muita gente boa sendo, literalmente, colocada contra a parede pelas Mocidades do RJ.

Eu já vou garantir o meu. Tô curiosa para ver no que isso vai dar. Mesmo.
Para o infinito e além!

Dica de site: Espírito de arte!

Ah, que blog bacana!
Toque da Dona Caty e também vai para a minha sugestão permanente de sites nas barras aí do lado do blog.


Blog Espírito de Arte. Vale a pena visitar.
 Faça uma visita ao blog Espírito de Arte.
Muito bom! Tem até mesmo video-aulas para quem quer aprender músicas (uma das minhas favoritas está lá: Aos pés do Monte de Tim e Vanessa.)
O Blog, de acordo com a descrição no perfil, pertence a um grupo de espíritos afins que trabalham com a divulgação da arte.
Dá uma boa noção da arte musical espírita e o que anda rolando por aí nessa área.

Mas, o que achei muito legal foi um artigo deles.
Algumas aulas atrás, quando falávamos de Pluralidade dos Mundos Habitados, um dos nossos queridos jovens - super fã do famoso bruxinho de J.K. Rowling - nos indagava sobre o universo mágico destas histórias de fantasia.
Para minha surpresa, ao entrar no blog, não é que tem posts com uma análise super interessante de Harry Potter?
Harry Potter e o seu verdadeiro desafio: a Morte.
É.....!!! Vale a pena conferir, afinal de contas, o triozinho de bruxos é reverenciado por uma galerinha antenada, tem milhões de fãs ( tudo bem, eu me incluo nisso aí...risos!) e estar por dentro da saga pode render questionamentos doutrinários bem legais!

Então, visite o Blog Espírito de arte e confira a matéria "A Questão Espiritual em Harry Potter" que se desdobra em três posts.

Para o infinito e além!

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Sugestão de atividade: Show do Milhão Allan Kardec!



                                                                 Saudações!

Logo idealizada para o encontro aplicado em Três Rios e em
algumas Casas de Petrópolis.

Chegando novamente com mais uma sugestão de atividade!

Bom, há algum tempo estive em um encontro bem legal promovido pela galera responsável pela Evangelização da cidade...Esse encontro tinha como proposta a troca de ideias entre os evangelizadores. Cada evangelizador trazia uma atividade legal para compartilhar com o restante (infelizmente não levei a máquina fotográfica para registrar o evento e postar aqui no blog.). Este era um projeto há muito acalentado pela minha mãe, que chegou inclusive a promover um curso neste estilo - O projeto troca de ideias (até fiz uma logo para ela, está em cima.) - em Três Rios. Na verdade, o encontro daqui tem até o mesmo nome.

Diante de tudo isso, é claro que não podíamos perder a primeira edição do projeto.

O interessante é que quem faz o encontro somos nós, evangelizadoras. E deu para tirar boas ideias, compartilhar informações e conhecer o trabalho de nossas companheiras de doutrina.
Uma dessas atividades estou postando hoje.

A Simone, uma grande amiga nossa e evangelizadora nota 1000!, compartilhou conosco a atividade Show do Milhão Allan Kardec. A atividade foi cedida à ela através de um grupo virtual de evangelizadores. Este aqui: http://br.groups.yahoo.com/group/evangelizacaoespirita1.  (Aliás, entra lá! Muita ideia bacana circulando via rede. Você compartilha e recebe informações e dicas!)


A nossa versão das cartas. Coladas em papel cartão preto.

Então, eu não sei a autoria original do arquivo. Se a idealizadora ou idealizador passar por aqui ou se o leitor ou leitora souber quem é, por favor! Informe para que eu possa dar os devidos créditos. Eu considero a propriedade intelectual muito importante. Até porque, embora estejamos trabalhando sem fins lucrativos, elaborar atividades gasta tempo e trabalho da parte de quem cria. Então, vamos valorizar estas mentes criativas à serviço do bem dando-lhes os devidos créditos.


O prêmio. Moedas e Barras de chocolate.

Acabei aprimorando a ideia original criando um layout e elaborando as regras. (recebi só o arquivo em pps. Não haviam as regras do jogo e nem os outros recursos como, por exemplo, as cartas.) E, claro, como pretendo aplicar para os jovens (Mocidade II, de acordo com a classificação do CEERJ) tive que dificultar um pouquinho mais o nível das perguntas.


Mocidade Geic. O Grupo que faturou!

Muitos evangelizadores e evangelizadoras acreditam que trabalhar com jogos não é salutar. Bem, eu acho que os jogos permitem que a criança ou jovem assimile melhor o conteúdo, também desenvolvem o senso de união e nos dá a possibilidade de trabalhar com as noções de ganhar e perder. É preciso estimular a competitividade sadia já que estamos em um mundo cujo os parâmetros se baseiam no individualismo. A Casa Espírita deve ajudar este jovem a lidar com a realidade que está aí. São estas tendências que devemos combater. Mas, é aquilo, observe a sua turma. Se ela for muito competitiva e a aula redundar na maior confusão, é melhor ir trabalhando aos poucos, até que a turma esteja apta para isso.

Este show do milhão, como verá quem tiver interesse em baixar a atividade, se baseia na prática da CARIDADE. Então, embaralhamos um pouco a noção de quem ganha e de quem perde, estimulando a atitude cristã.

Grupo A.  Não ganhou, mas também...Não perdeu!


GOSTOU? Então, baixe a ATIVIDADE AQUI.


Espero que seja útil para você!

Agradecemos mais uma vez a Simone pela valiosa dica!

Para o infinito e além...!



ATENÇÃO: ESTE POST FOI ATUALIZADO. ENCONTRE OS MATERIAIS CLICANDO EM SHOW DO MILHÃO ATUALIZADO E CONFERINDO O NOVO POST.  

quarta-feira, 20 de abril de 2011

"Renúncia, um Amor para além da Vida" representada em Petrópolis?????

Saudações, visitantes do Mais Além!

Cena da peça Renúncia, apresentada na COMEERJ PÓLO XII

Faz algum tempo que não dou às caras por aqui, mas logo, logo vou postar mais ideias para aulas e atividades que estamos implementando...!
Mas, hoje, passei por aqui porque estamos em estado de graça e preciso dividir esta grande alegria!
Aqui, em Petrópolis, está rolando o Mês de comemoração à Allan Kardec. Então, três grandes eventos foram montados para homenagear o codificador.

Nossas gêmeas arrasaram!
Um deles, foi a Peça Renúncia, a ser executada pelo Grupo de Teatro dos Humildes (um grupo Espírita da cidade.). Muito bem. Eu, particularmente amo o livro Renúncia. E costumo ir à estes teatros com o intuito de observar figurinos, direção, texto...Para desenvolver e implementar novas ideias. 
Para quem não sabe, eu e minha mãe fazemos (e digo fazemos,  porque temos uma ligação muito especial com o Grupo Espírita Fé e Esperança) parte do Grupo da Mocidade Espírita Bezerra de Menezes e trabalhamos com teatro amador na busca pelo desenvolvimento das potencialidades do jovem.
A gêmea Tamine, fazendo às vezes de Alcíone desencarnada.

À época dos primeiros passos do grupo, montamos a peça "Renúncia, um Amor para Além da Vida" baseada no livro de Emmanuel. Minha mãe sempre quis encenar esta peça! Era, sei lá, uma obsessão dela.risos!
Não foi fácil. Eu e ela lemos uma "par" de vezes o livro, a fim de manter uma certa fidelidade a obra de Emmanuel e encaixá-la ao "staff" que tínhamos disponível - cerca de 20 jovens. É bom lembrar que estamos falando de uma obra com mais de 300 páginas...Para mim, Emmanuel ao lado do Espírito Charles é um dos maiores "dramaturgos" do mundo espiritual...Tais as minudências da trama. Não é fácil transformar em uma hora de peça, acreditem!!!


Cartaz do Grupo dos Humildes. Tá amassado porque
resgatei da livraria! risos!


Mas, o fato. Esta peça é possível ser encontrada locada em um site, o CESOM, repassada por uma de nossas integrantes.
Surgiram as primeiras dúvidas quando tivemos acesso ao cartaz do Grupo dos Humildes onde se lia " Baseado nos textos da MEBEM". Opa, opa! Será que tem algum grupo em Petrópolis com essa sigla?

Veio a constatação ontem à noite, às 20 hs, logo no início da peça.
Era o nosso texto! Tal e qual! Com algumas poucas modificações...!
Foi uma grande surpresa! Repetíamos as falas, porque elas foram treinadas à exaustação pela galera da MEBEM, então sabíamos de "trás para frente".
Eu e minha mãe, ficamos lá, mortificadas! É muito engraçado assistir uma peça escrita por você sendo encenada por um outro grupo! Chega a ser hilário! Muito mesmo!

Veio o sentimento de grande satisfação! A obra estava lá, representada por um grupo que não conhecemos, e exatamente igual a nossa. É importante que os leitores entendam: quando escrevo algo, os textos costumam ser bastante descritivos - com sugestões de posicionamento de palco e cenário ( é preciso, minha mãe costuma coordenar, então, ela e os atores se baseiam no que está descrito). Era como se víssemos o nosso grupinho lá, encenando...! Como poderia sair tão igual???  Mal pude acreditar!


Aqui o detalhe da adaptação que nos deixou
 com a pulga atrás da orelha...

E imaginem vocês...É lógico que o pessoal dos Humildes não poderia saber que nós, o grupo idealizador da peça original, estaria lá. Na verdade, foi uma grande coincidência, pois não íamos assistir a peça. E eles sequer sabiam que a Mebem é de Três Rios. Também não costumo assinar os textos adaptados com meu nome ou de minha mãe. Nós gostamos de nos identificar pelo grupo, à época ainda com o nome de Grupo de Teatro amador da Mocidade Espírita Bezerra de Menezes (MEBEM).

Em minha humilde opinião, ao rever o texto escrito há alguns anos, reconheço que existem erros, até mesmo ortográficos pois não houve tempo hábil para corrigi-lo adequadamente. Eu sequer sabia que o texto havia sido disponibilizado por uma de nossas integrantes. Não fui avisada sobre isso. Só depois que já estava locado no site. Então, não deu para corrigir...Mas, apesar disso, eles conseguiram encenar com muita fidelidade. Posicionamento, falas, personagens...Igualzinho ao que representamos.

Fiquei muito feliz. Aproveito o post para elogiar o grupo! Reconheço que não é fácil memorizar todas as falas - nossa Alcíone e Padre Carlos sofreram!risos!

Foi lindo! E considero que foi um big presente da espiritualidade! Nunca imaginei que nossa peça, nossa humilde peça, estaria no Teatro Dom Pedro encenada com esmero. Inclusive, houveram partes que cortamos e, claro, não transportei isso para o texto escrito e foi legal poder ver a ideia inicial que não foi utilizada executada por eles! Como, por exemplo, a técnica do "flashback" inicial, começando pelo final da peça...!


Alcione, nossa Alcíone! O nome da atriz foi em homenagem a heroína
de Emmanuel.


Interessante disso é que, como eu estava representando e minha mãe dirigindo, fica difícil analisar a própria obra. Assim, pudemos observar melhor e analisar os erros e acertos da peça. Afinal de contas, era como ver a própria MEBEM representando.Elogios extras para os figurinos do grupo que estavam  show de bola! E gostei bastante da ideia de utilizar a Carolina, irmã de Susana, que nós não pudemos utilizar por falta de pessoal. Só fiquei triste porque no meio da peça "mataram" o Padre  Damiano...Tadinho! Pelo menos na versão original ele vai para a América com a Doloures!risos!


Em uma palavra: surreal e muito bacana.


Cena do leque! Igualzinha!

Mais uma vez: parabéns ao grupo dos Humildes! Considero-os parceiros na tarefa de divulgação de obra tão linda quanto a do Emmanuel e uma honra que nossa adaptação tenha sido escolhida por eles diante de tantas peças disponibilizadas no site. 

Isso é o que eu chamo de 
" Para o infinito e Além..."!!! 

domingo, 30 de janeiro de 2011

Projeto Mês Artístico e lúdico: trabalhando com oficinas

Saudações!

Uma atividade manual desperta na criança a atenção, o interesse e a troca de afeto. É preciso lembrar que ensinar Espiritismo está além dos aspectos doutrinários. Repousa na pedagogia do amor. No cativar. No toque. Inspirá-los a criar, a curtir o momento. Tornar a sala de Evangelização um local gostoso, com impressões benéficas.


Oficina de Origami.
 Nosso mais novo projeto é proporcionar as crianças oficinas diferenciadas voltadas para as atividades artísticas. Assim, além de aplicarmos a contação de histórias e o teatro resolvemos testar, também, a oficina de Origami.

Explicamos: as atividades de evangelização, conforme instruções da Casa, não entram de férias (pelo menos para as crianças de 3 à 10 anos). Assim, nos meses de julho e janeiro bolamos atividades diferenciadas - cinema, teatro, histórias, oficinas - com o intuito de proporcionar à criança uma outra visão da Casa Espírita. O quadro de trabalhadores, neste período, também muda. As evangelizadoras podem ter um descanso, frequentando neste período as palestras públicas, enquanto outros tarefeiros da Casa ocupam o lugar.


Entre sapos, ninjas e pinguins.
 Dentro deste conceito aplicou-se a Oficina de Origami. A princípio ficamos temerosas de que as crianças se distraíssem. Afinal, estamos falando de crianças pequenas onde o nível de atenção não é tão alto. Seriam elas capazes de se manter concentradas na tarefa?

Para nossa surpresa, as crianças envolveram-se na atividade com muito prazer e interesse. Passaram uma hora criando sapos, tigres, casas e ursos. E tudo isso em um clima de fraternidade.
Sim. As crianças emprestavam seus materiais e muitas delas ajudavam as outras que estavam com dificuldades para dobrar.
Foi, no mínimo, impressionante. E estávamos todos ali, sentados em uma mesa, com crianças de idades diferenciadas, todas concentradas!

Assim, vale a pena aplicar. As dobraduras que escolhemos foram todas simples e fáceis. Nada muito complexo. Se você quiser se aventurar e testar com suas crianças, seguem alguns links que ensinam o passo a passo. É só você imprimir, comprar os papéis e testar em sua casa.

 http://en.origami-club.com//fun/index.html
http://baudasdobraduras.blogspot.com/
http://profgege.blogspot.com/2008/09/dobraduras-diversas.html
http://superorigami.com/
http://www.comofazerorigami.com.br/

Boas dobraduras!
Para o infinito e além.

sábado, 29 de janeiro de 2011

Sugestão de atividade: Amigo Oculto dos Vultos

Saudações fraternas!


Cartaz: Biografia Herculano Pires.
Esta dinâmica foi elaborada com a finalidade de promover entre os jovens o conhecimento sobre as variadas personalidades importantes que constituíram e constituem o  Espiritismo.
Notamos que em nosso grupo de jovens poucos conhecem as biografias de pessoas que marcaram a história da doutrina com seus exemplos de caridade ou, até mesmo, com suas investigações científicas.

Assim, decidimos criar o " Amigo Oculto dos Vultos" para aplicar com nossos jovens.
Montamos, primeiramente, o mural das personalidades com algumas biografias (Emmanuel, Kardec, Herculano Pires, Sheilla...) e deixamos exposto nas paredes das salas de evangelização.
Em seguida, organizamos um amigo oculto onde cada jovem seria uma personalidade e tiraria uma personalidade.

Como isso? Explicamos: primeiro, sorteamos os nomes das personalidades que equivaleriam ao jovem. Assim, por exemplo, a jovem Maiara ao sortear Allan Kardec, seria dali em diante a personalidade sorteada.

Logo após, tiramos o amigo oculto. Em nosso caso, tínhamos 23 personalidades para cerca de 10 jovens. Mantivemos as personalidades de cada jovem em sigilo para que eles estudassem as 23 personalidades. Assim, se Maiara é Allan Kardec, a pessoa que tirou Allan Kardec não sabe quem de fato aquela personalidade corresponde entre os seus amigos.


Cartaz: Biografia Camille Flammarion
Mas, você pode realizar o amigo oculto com apenas as personalidades sorteadas entre os jovens.

No dia marcado para a realização do Amigo Oculto, os jovens devem descrever a personalidade tirada. Assim, se a jovem Maiara é Allan Kardec e ela tirou Meimei, sua função é dizer entre os amigos as características de Meimei até que os demais acertem que personalidade corresponde.

O resultado foi muito positivo. Os jovens puderam aprender um pouco mais sobre cada personalidade de forma lúdica. Não com a obrigação de decorar cada personalidade sem um fim específico. Conseguimos, também, envolver a Casa Espírita e a família como um todo, pois os jovens os consultavam para maiores informações.

Se você se interessar pela atividade, baixe as biografias. Trata-se de um resumo de nossa autoria através da consulta ao site da FEB.

BIOGRAFIAS I ( Allan Kardec, Carlos Imbassahy, Batuíra, Caibar Schutel, Camille Flammarion, Cesare Lombroso, Emmanuel, Ernesto Bozzano, Eurípedes Barsanulfo, Eusápia Paladino, Peixotinho)

BIOGRAFIAS II ( Yvonne Pereira, Jerônimo Mendonça, Joanna de Angelis, José Herculano Pires, Léon Dennis, Leopoldo Machado, Meimei, Sheilla,Bezerra de Menezes, Chico Xavier.)

APROVEITE E PASSE NO POST DO JOGO PERFIL DOS VULTOS E CONHEÇA MAIS UMA FORMA DE EXPLORAR AS BIOGRAFIAS.

Para o infinito e além...

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

SUGESTÃO DE ATIVIDADE! AS MESAS GIRANTES.

Saudações!
Vamos procurar disponibilizar algumas ideias com que trabalhamos para as aulas de evangelização.

Livrinhos " Obras Básicas"
Este material foi criado por minha mãe - cabeça altamente criativa e pensante! - durante uma noite de insônia.

O tema: Mesas Girantes e Obras Básicas.
A aula foi idealizada para as crianças de oito a dez anos, o Terceiro Ciclo.

Esta atividade é a finalização de uma série de aulas sobre Allan Kardec e Irmãs Fox.

Para promover a fixação das Obras Básicas, confeccionou-se livrinhos de papel sulfite. Eles deveriam colar a parte de dentro do livro, fazendo a devida correlação do conteúdo à Obra Básica. (no molde que disponiblizamos existe a descrição da Obra e a capa).

A outra atividade proposta enfatizava o movimento das Mesas Girantes. Consiste em uma moldura, com a imagem de uma destas reuniões (vide imagem). A mesa é um acessório à parte, com um ímã colado no verso. 

Cartão Mesas Girantes



Foi distribuído às crianças um outro ímã, para que eles pudessem movimentar a mesa. Coloca-se a mesa na frente da imagem da reunião e no verso, com a ajuda do outro ímã, a atração de ambos produz o efeito de movimentação da mesinha de papel. Basta as crianças arrastarem o ímã por trás da imagem para conseguir o efeito. 

Muito simples e bacana.

 Abaixo os moldes. Basta copiar e colar em sua máquina para depois imprimir. (material confeccionado por Catarina e disponibilizado para o Blog.)

Anexo 1 - Molde dos livrinhos.
Interior dos livrinhos. Recortar.

Desenho "Sessão mesas girantes" - recortar.

Moldura e mesa.