Gostou? Compartilhe!

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Revendo conceitos!

Jovens reunidos para o encontro.
Dia 28 de agosto rolou em Petrópolis o encontro das Mocidades Espíritas de Petrópolis (CEMP). O encontro, que acontece todo o ano em Petrópolis - RJ tem como objetivo promover a unificação das casas espíritas da região petropolitana.

O interessante do encontro é que um mês antes do encontro geral acontecem as Caravanas. As mocidades espíritas das casas que organizam o encontro são convidadas a receber jovens das outras casas envolvidas.
São quatro encontros, contemplando todas as mocidades participantes. É uma oportunidade excelente do jovem conhecer uma casa espírita diferente, vivenciar novas experiências e fazer novos amigos.

Também é uma oportunidade interessante para o corpo de trabalhadores envolvidos que conhecem novos companheiros de trabalho.

Com o mote "Revendo conceitos", o jovem foi convidado a pensar criticamente sobre o preconceito, bem como em sua própria postura diante das mais variadas situações cotidianas.

Com música, vídeos e atividades dinâmicas, a manhã de domingo passou rapidamente e os jovens puderam voltar para casa renovados e mais conscientes de seu poder de julgamento.

Abertura. Domingo ensolarado.
Legal ver tanto jovem preocupado com a sua própria educação moral. ( Vamos combinar que não é qualquer jovem que vai desperdiçar uma manhã de domingo ensolarada em um encontro religioso!)

Mais um passo em direção ao planeta de regeneração.

Para o infinito e além.

Técnicas de vídeo à serviço da divulgação!


MEBEM: Educando o jovem à luz da Doutrina.
Hello!
Mais uma dica para tornar as aulas dinâmicas!

Em ocasião do aniversário de 71 anos da Mocidade Espírita Bezerra de Menezes (localizada em
Três Rios / RJ) decidimos levar à cabo a execução de...como podemos dizer...Um mini filme institucional.
Assim, aliando técnicas de roteiro e edição de vídeo conseguimos produzir um pequeno conjunto
de informações relevantes sobre a Mocidade.

Como fazer isso? Na verdade, não há mistério.

Primeiro: é preciso idealizar o roteiro (um texto com a previsão das falas e  das tomadas que serão realizadas, além da sonoplastia.) Assim, é preciso coletar informações sobre a história e as pessoas que fizeram parte do objeto que será alvo da gravação.

Depois: gravamos. Com uma câmera (hoje em dia fazer um vídeo ficou tão fácil! As camêras fotográficas e o próprio celular já vem com a possibilidade de fazer vídeos.) realizamos as entrevistas.

E, por fim, nos dedicamos a edição de todo o material. ( A edição levou mais ou menos um dia inteiro, mas isso porque editamos um outro vídeo junto.)  Para tanto, utilizamos um programa de edição muito simples chamado movie-maker. (Geralmente, o computador traz este programa instalado.)

O resultado foi um vídeo curto e informativo! Ideal para deixar qualquer um por dentro das
atividades.

Você, evangelizador, também pode idealizar um Institucional sobre sua
Casa Espírita e com isso envolver os evangelizandos na produção do material e edição.
Pode ser uma atividade inspiradora, lúdica e cheia de conhecimento. E o melhor: capaz de divulgar
a Casa Espírita e suas atividades.

Enfim, mais uma vez você estará unindo as técnicas de Evangelização aos meios de comunicação disponíveis e produzindo material bacana com a ajuda de seus evangelizandos.
Em nosso caso, como participantes da Mocidade tivemos esta ideia e lançamos para o
coordenador que gostou bastante e aprovou a iniciativa.

Confira AQUI o resultado. (link do youtube)

71 Anos da Mocidade Espírita Bezerra de Menezes
Gênero: Institucional
Edição de vídeo e som: Diego V. Marques.
Edição de vídeo e roteiro: Michelle Hummel
Narração: Diogo V. Marques.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Cinema em casa...Ops! Cinema no pc!

Antes de me despedir, gostaria de compartilhar a informação que recebemos. Uma dica de site valiosa. Muito mesmo.

Os filmes são excelentes mananciais de conhecimento e permitem uma discussão crítica e mais sólida à luz dos exemplos ali descritos através da imagem. Assim, vez ou outra recorremos à uma pequena sessão cinematográfica durante as aulas. É bastante produtivo!

No site Universo Espírita você encontra uma verdadeira galeria de filmes. Você não precisa fazer download, basta carregar o vídeo e assisti-lo do computador mesmo! Ótimo. Filmes excelentes!

Visite e conheça.
Posso dizer que é muito show.

Para o infinito e.....Além!!!!!!!!!!

E quem quiser que conte outra!

Saudações Fraternas!


Em continuidade a novas propostas de educar o jovem e a criança espírita, eis que tiramos mais
um coelho da cartola. Trata-se do projeto " Hora do Conto". Uma tentativa de levar aos evangelizandos aprendizado moral e doutrinário com muito humor e diversão.

Particularmente sou fã da arte de contar histórias. Na verdade, como se pode reparar através dos posts deste blog tenho uma íntima conexão com a prática da oralidade.

"A hora do Conto" é uma proposta de resgate à oralidade e à imaginação infanto- juvenil. Decidimos aplicar as vantagens da Contação de Histórias nas salas de evangelização Espírita.
Momento lúdico: sentadas no tapete.

Conforme Cléo Busatto (arte-educadora responsável por livros sobre o assunto. Entre no seu blog
ou site e conheça o seu trabalho) no livro "Contar e Encantar: Pequenos segredos da narrativa" da
Editora Vozes (bem, dispensa apresentações. O livro é ótimo.)"contar histórias é uma atitude multidimensional" pois aborda não só o desenvolvimento espiritual e psicológico como também o material.
Conto: Por favor - Alice Aspinwal
Técnica de fantoches.

Contar histórias proporciona uma íntima conexão com o outro ser humano, forma leitores, amplia
conhecimentos, desenvolve o senso crítico e a ética, ajuda a compreender o mundo que nos cerca e
a superar desafios.

Contar histórias tem um quê de sagrado, de mágico. Fui iniciada á este fantástico mundo por
minha mãe que nos entretia durante a noite com as mais variadas histórias usando os mais
variados materiais - desde sombras projetadas com a luz do abajur às suas próprias mãos e pés que tomavam vida!

Ao elencar os benefícios da arte do conto é impossível não pensar o quanto ela faz a diferença
na construção da personalidade do evangelizando.

Procuramos, conforme descrito no Evangelho Segundo o Espiritismo, Capítulo XVII ,a formação de homens e mulheres de Bem. Através do conto podemos sensibilizá-los para a moral evangélica e despertar o gosto pelo estudo, pela leitura e consequentemente pela pesquisa. (atividade importante, já que o Espírita é, por excelência, um estudioso. A doutrina que nos foi legada depende de nossa participação crítica e voltada para a moral cristã.)

Jesus foi um grande contador de histórias.
A história do espiritismo encontra sua realidade na prática da comunicação. Sim.
Afinal, André Luiz, Emmanuel, Irmão Jacó e tantos outros buscaram "contar" através
de Chico as suas experiências. Como se vê, a doutrina espírita também vive de "causos" (risos!)

Mas, fomos além na proposta. Decidimos incorporar à prática de contação atividades recreativas e
músicas. Inspirada na coleção Rodas Cantadas dos recreadores Pudim e Batata, compreendemos
Técnica de Sombras.
"Os cantores do Brêmen"
o quanto a prática das músicas e a consequente proposta de movimentos, ajudavam na coordenação
motora e inclusão social das crianças. (conheça o Projeto Celeiro. Os Dvd´s da coleção Rodas
Cantadas contêm inúmeras atividades e músicas.)

O resultado da empreitada em nossa Casa Espírita foi positiva. Foi uma "contação" repleta de técnicas: dramatização, fantoches, sombras, música e recreação.... As crianças, todas sentadas no chão,
acompanhavam àvidamente cada detalhe da história, participando, interagindo. E, para a nossa surpresa
a mensagem das histórias perdurou na memória delas, que citavam as personagens e as situações apresentadas. (Estamos falando de crianças de 3 até 8 anos)

Assim, fica a dica.
Outro livro bem bacana, lançamento, é o " Técnicas de contar Histórias" de Vânia Dohme também da Vozes.Traz muitas técnicas de contação - fantoches, teatro de sombras,teatro - e as histórias para
serem aplicadas.  Inclusive, você pode observar em uma das imagens que coloquei para ilustrar o post a aplicação de uma das técnicas sugeridas neste livro.

Dicas de site sobre o assunto: Roda de Histórias (muito completo! Com artigos e contos)
                                                Q divertido (também traz artigos e atividades para as crianças)
                                                Dobras da Leitura (fantástico! Com teses e dissertações)

Para você se inspirar e começar a praticar: Conheça o trabalho da Bia Bedran em seu site e confira a sua perfomance no conto " Campo Santo".

Não deixe de conhecer o trabalho de Cris e Sérgio na excelente produção para
TV RÁ TIM BUM, Baú de Histórias.

E aproveita...Dá uma passadinha no site "Tempo de Brincar" da dupla Elaine Buzato e Valter
Silva.

No mais: pratique, pratique e pratique! Aos poucos vamos falando sobre a Arte do Conto Espírita e trazendo cada vez mais dicas.

É isso aí. Para o infinito e além.


quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Dica de site: Educar com arte!


E provando que a web tá cheia de coisas boas para o Evangelizador Espírita, visite a homepage do projeto "Educar com arte".
Uma galera comprometida no bem e no desenvolvimento do jovem e da criança através da arte tem como objetivo "desenvolver o potencial artístico de uma forma mais consciente."

Também disponibilizam oficinas de capacitação para educadores. O site é simples, mas cheio de dicas legais de livros sobre educação.

A seção "links", sem dúvida, é um show a parte! Cheio de outros sites muito úteis!

Visite.
E lá vamos nós: "Para o infinito e Além".

O Rádio na educação do Espírito.



Saudações!

Ando mesmo relapsa com relação a este blog! Mas, pretendo organizá-lo aos poucos.

O desafio de evangelizar abarca todas as novas tecnologias à disposição do jovem e da criança. Como competir com a tv? Com a Internet?

A solução é simples: tornar estas mídias alvo das aulas. É interessante fazê-los pensar criticamente sobre o papel destes meios que guardam, sim, uma enorme importância social.

Como estudante de Comunicação apaixonei-me pelo universo Radiofônico. Por que não propor o uso do Rádio como instrumento de educação do Ser? E eis o que fiz. Ao lado de mais dois amigos - um deles Operador de Rádio - encaramos o desafio e lançamos a primeira Oficina de Rádio na Confraternização das Mocidades Espíritas do Estado do RJ (COMEERJ). Trata-se de um encontro que ocorre durante o carnaval. Jovens, adultos e crianças, não só do Rio, mas de diversas localidades reúnem-se para quatro dias de convivência, aprendizado e brincadeiras envolvendo a discussão de um tema dentro da Doutrina Espírita. Nossa oficina tem a duração de uma hora, durante estes quatro dias. O último dia é reservado para uma apresentação do material para todos os jovens do encontro.

Esta Oficina é baseada no conhecimento deste meio de comunicação de massa e está focada para a prática da locução. Eles tem a oportunidade de conhecer a própria voz e gerar conteúdo informativo sobre o encontro através da criação de programas e vinhetas. Surgia aí a Rádio A Voz da Comeerj, batizada e produzida pelos membros da oficina.

A saber, o Rádio tem uma proposta pedagógica sim. Marciel Consani (no livro "Como usar o Rádio na sala de aula". Desde já, recomendo a leitura. Excelente.) elenca alguns dos efeitos da prática radiofônica como instrumento de educação. Para citar alguns: a capacidade de trabalhar em equipe, dedicação a uma causa coletiva, pesquisa de temas, desenvolvimento do pensamento complexo e holístico , bem como o desenvolvimento da expressão oral e escrita.

Assim, o Rádio é um meio agregador. Afinal, coloca o jovem ou a criança em contato com a comunidade que a cerca e por que não? Com o mundo.
Também é interessante observar a reação dos jovens/crianças quando colocados em contato com o som de sua própria voz. Dar-lhes a oportunidade de auto-análise, descobrindo formas de melhorar o som que eles emitem.
Você deve estar se questionando: e a aparelhagem?

Bem, de fato, como já disse, temos um operador de áudio no grupo com domínio em softers de edição. Mas, isso não impede que você grave vinhetas prontas das rádios convencionais ou as grave através do computador ou um aparelho qualquer de gravação utilizando a sua própria voz.

Tudo o que utilizamos foram: dois computadores - para edição e posterior gravação dos exercícios de locução, um fone de ouvido, um microfone (simples, de computador mesmo. Mas, em nosso caso, o microfone vem acoplado ao fone de ouvido.), caixas de som e dois pen-drives para a coleta de materiais externos - entrevistas e recados dos confraternistas.

Você pode ouvir o resultado de nosso trabalho no vídeo, logo abaixo.
Ou entrar no site da COMEERJ pólo XII - Caná da Galiléia para, além de conferir o áudio, também conhecer uma das unidades em que o encontro acontece - pois são vários pólos distribuídos pelo Rio de Janeiro trabalhando no mesmo ideal. O site traz uma seleção bem rica de músicas espirítas com as partituras disponíveis. Vale a visita.

Também estamos locados no site do CEERJ ( Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro), voltado para a COMEERJ. A visita ao site é valiosa, pois o CEERJ traz todos os eventos e cursos do movimento espírita.
E é isso aí.

"Para o infinito e além."


video
Atenção: as fotos deste blog são de arquivo pessoal e registram alguns dos momentos da Oficina ministrada.