Gostou? Compartilhe!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

E quem quiser que conte outra!

Saudações Fraternas!


Em continuidade a novas propostas de educar o jovem e a criança espírita, eis que tiramos mais
um coelho da cartola. Trata-se do projeto " Hora do Conto". Uma tentativa de levar aos evangelizandos aprendizado moral e doutrinário com muito humor e diversão.

Particularmente sou fã da arte de contar histórias. Na verdade, como se pode reparar através dos posts deste blog tenho uma íntima conexão com a prática da oralidade.

"A hora do Conto" é uma proposta de resgate à oralidade e à imaginação infanto- juvenil. Decidimos aplicar as vantagens da Contação de Histórias nas salas de evangelização Espírita.
Momento lúdico: sentadas no tapete.

Conforme Cléo Busatto (arte-educadora responsável por livros sobre o assunto. Entre no seu blog
ou site e conheça o seu trabalho) no livro "Contar e Encantar: Pequenos segredos da narrativa" da
Editora Vozes (bem, dispensa apresentações. O livro é ótimo.)"contar histórias é uma atitude multidimensional" pois aborda não só o desenvolvimento espiritual e psicológico como também o material.
Conto: Por favor - Alice Aspinwal
Técnica de fantoches.

Contar histórias proporciona uma íntima conexão com o outro ser humano, forma leitores, amplia
conhecimentos, desenvolve o senso crítico e a ética, ajuda a compreender o mundo que nos cerca e
a superar desafios.

Contar histórias tem um quê de sagrado, de mágico. Fui iniciada á este fantástico mundo por
minha mãe que nos entretia durante a noite com as mais variadas histórias usando os mais
variados materiais - desde sombras projetadas com a luz do abajur às suas próprias mãos e pés que tomavam vida!

Ao elencar os benefícios da arte do conto é impossível não pensar o quanto ela faz a diferença
na construção da personalidade do evangelizando.

Procuramos, conforme descrito no Evangelho Segundo o Espiritismo, Capítulo XVII ,a formação de homens e mulheres de Bem. Através do conto podemos sensibilizá-los para a moral evangélica e despertar o gosto pelo estudo, pela leitura e consequentemente pela pesquisa. (atividade importante, já que o Espírita é, por excelência, um estudioso. A doutrina que nos foi legada depende de nossa participação crítica e voltada para a moral cristã.)

Jesus foi um grande contador de histórias.
A história do espiritismo encontra sua realidade na prática da comunicação. Sim.
Afinal, André Luiz, Emmanuel, Irmão Jacó e tantos outros buscaram "contar" através
de Chico as suas experiências. Como se vê, a doutrina espírita também vive de "causos" (risos!)

Mas, fomos além na proposta. Decidimos incorporar à prática de contação atividades recreativas e
músicas. Inspirada na coleção Rodas Cantadas dos recreadores Pudim e Batata, compreendemos
Técnica de Sombras.
"Os cantores do Brêmen"
o quanto a prática das músicas e a consequente proposta de movimentos, ajudavam na coordenação
motora e inclusão social das crianças. (conheça o Projeto Celeiro. Os Dvd´s da coleção Rodas
Cantadas contêm inúmeras atividades e músicas.)

O resultado da empreitada em nossa Casa Espírita foi positiva. Foi uma "contação" repleta de técnicas: dramatização, fantoches, sombras, música e recreação.... As crianças, todas sentadas no chão,
acompanhavam àvidamente cada detalhe da história, participando, interagindo. E, para a nossa surpresa
a mensagem das histórias perdurou na memória delas, que citavam as personagens e as situações apresentadas. (Estamos falando de crianças de 3 até 8 anos)

Assim, fica a dica.
Outro livro bem bacana, lançamento, é o " Técnicas de contar Histórias" de Vânia Dohme também da Vozes.Traz muitas técnicas de contação - fantoches, teatro de sombras,teatro - e as histórias para
serem aplicadas.  Inclusive, você pode observar em uma das imagens que coloquei para ilustrar o post a aplicação de uma das técnicas sugeridas neste livro.

Dicas de site sobre o assunto: Roda de Histórias (muito completo! Com artigos e contos)
                                                Q divertido (também traz artigos e atividades para as crianças)
                                                Dobras da Leitura (fantástico! Com teses e dissertações)

Para você se inspirar e começar a praticar: Conheça o trabalho da Bia Bedran em seu site e confira a sua perfomance no conto " Campo Santo".

Não deixe de conhecer o trabalho de Cris e Sérgio na excelente produção para
TV RÁ TIM BUM, Baú de Histórias.

E aproveita...Dá uma passadinha no site "Tempo de Brincar" da dupla Elaine Buzato e Valter
Silva.

No mais: pratique, pratique e pratique! Aos poucos vamos falando sobre a Arte do Conto Espírita e trazendo cada vez mais dicas.

É isso aí. Para o infinito e além.


Nenhum comentário:

Postar um comentário