Gostou? Compartilhe!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Dinâmica: Idas e Vindas - De que lado você está da estação?

Amigos visitantes!
Agradeço a cada um de vocês que passam por aqui. Perdoem-me a falta de postagens contínuas. É um erro grave, mas quando posso vou postando as ideias por aqui.
Nossos tickets confeccionados.

Bom, os jovens da nossa Casa Espírita estão passando por uma espécie de treinamento para assumir posições de trabalhadores efetivos da Casa. Portanto, temos o Estudo Sistematizado onde duplas de jovens se revezam para dar aulas para a Mocidade sobre um tema específico do Livro dos Espíritos. Neste caso, estava "rendendo" um dos componentes da dupla de jovens. 

O tema da aula: DESTINO DO ESPÍRITO
Baseado integralmente no livro dos Espíritos, o estudo girava em torno dos conceitos de ERRATICIDADE, MUNDO TRANSITÓRIO E  PLURALIDADE DOS MUNDOS. Como o estudo era um tanto sério, propus fazer com que eles se colocassem como espíritos errantes que são. Todos somos espíritos errantes que no momento estão reencarnados. É preciso pensar na nossa viagem de partida. O que estamos fazendo do nosso veículo físico para garantir uma boa viagem para a verdadeira vida? É preciso pensar nisso.

Alguns jovens reclamaram. Acharam o tema fúnebre. Risos. Porém, foi a oportunidade para fazê-los pensar na morte como algo natural para quem segue a Doutrina. Muitos evitam falar sobre. É um momento interessante. Aproveite para colher informações sobre as percepções dos seus evangelizandos sobre.

A dinâmica sugerida: IDAS E VINDAS -  de que lado você está da Estação? ( O TICKET DE VIAGEM)

Esta dinâmica foi baseada na música de Maria Rita - Encontros e Despedidas,a letra você encontra AQUI. Será interessante se você abordar a letra da música e seus possíveis significados antes de colocar a dinâmica em prática. Mas, fica ao critério do evangelizador.

Imprimir o anexo que está no corpo desta postagem e fotocopiar de acordo com o número de participantes da sua aula com a seguinte pergunta: COMO ESPÍRITO, QUAL SERIA O SEU DESTINO? ESCREVA AQUI.

Cada um escreverá uma resposta curta e entregará ao facilitador.
No final do estudo o facilitador lerá as respostas e fechará o tema. 




Interpretação de Maria Rita: Encontros e Despedidas



Basta abrir e copiar na sua máquina para imprimir.


Dinâmica muito simples e que rende boas considerações. Se você aplicar, já sabe! Divide com a gente do Mais Além! ;)

Beijos e boas aulas!





quarta-feira, 30 de abril de 2014

Dica de filme! Estamos rodeados de estrelas...

Uma estrela perdida e que quase se apagou.

Em uma única palavra: tocante.

Essa foi uma dica super especial da amiga Rosana Caruso e que não poderia deixar de postá-la aqui para dividir com vocês, amigos da lide espírita.

"Como Estrelas na Terra" é um filme indiano que aborda com total sensibilidade a história do pequeno Inshan. A cada minuto deste filme eu era capaz de ver a mim mesma. Sonhando acordada e vendo o mundo em uma tela totalmente diferente. Um mundo mais lento. Um mundo onde o vento sussurrava palavras em meus ouvidos e os peixes sempre tinham algo novo para contar. 
Mas, diferente do pequeno Inshan, eu contei com o apoio familiar. Sem dúvida, minha mãe foi a grande transformadora do meu mundo cheio de pequenas aranhas que insistiam em me atormentar.

Não. Eu não sofro de dislexia como Inshan. Mas, durante muito tempo tive distúrbios de aprendizagem e a dificuldade em expressar o que sentia. A necessidade de correr atrás do tempo das demais crianças e o grito incessante da auto cobrança. Não sucumbi porque a família e o espiritismo estiveram ao meu lado, empurrando-me e lembrando-me de que cada um tem o seu despertar e as suas próprias habilidades.

Ah, sim: eu nunca fui um gênio. Risos. Mas, não é preciso ser um gênio para ser especial. Cada ser é único.

Ao entrar no maravilhoso mundo da pedagogia espírita e caminhar ao lado de minha mãe, foi que minha atenção pelo ser humano tornou-se imensa. E transbordou para além de mim. Evangelizar me fascina porque descerra o mundo por trás do Outro. E então, falamos do professor de Inshan. 

Ah, quantas vezes não nos vimos como ele, pensando em como ajudar ali ou acolá. Como tornar a evangelização mais do que uma aula, mas um exercício de sensibilidade.
Brincar é coisa séria. O brincar estende uma ponte para o mundo do Outro. Fornece a senha que nos dará o precioso acesso ao coração, à mente e ao Espírito. 

Como o professor de Inshan, não temos medo de nos fantasiar. 
Não, não somos palhaços dando um show para uma plateia que precisa ser entretida.  
Somos mágicos tentando encantar um público que há muito desistiu da beleza de apreender. É necessário despertá-los para que passem a colaborar com a sua própria sede de conhecimento.
Somos (apenas) pessoas que amam o que fazem. E é impossível não deixar que essa alegria salte, pule, cante, grite e dance!
 E, esta magia nos contamina, porque, no processo, descobrimos que são as crianças e jovens que acabam nos encantando e ensinando.
Difícil? Não, porém trabalhoso.
Vamos falhar? Sim, muitas e muitas vezes. Mas, teremos a dádiva de aprender.
Ouviremos críticas? Muitas.
Haverá oposição e dificuldades? Um bocado. Além dos próprios evangelizandos que lutarão durante um tempo até que sejam cativados, você contará com a oposição de parceiros que deveriam ajudá-lo. 
E sim, há momentos em que pensamos em desistir. 

Mas, cada sorriso, cada criança e jovem para quem você fizer a diferença, vai mostrar que tudo valeu a pena.

Acreditem. Esse amor não se restringe apenas à Casa Espírita. Se estende para outras áreas e a gente acaba desejando tocar os corações para que, por sua vez, eles possam tocar outros. Não vamos permitir que a Doutrina Espírita fique apenas entre quatro paredes! Nosso compromisso é expandi-la em gestos, exemplos e atos. A moral cristã não conhece portas, cadeados ou paredes.

Diante de tudo isso, fica o nosso pedido aos amigos do Blog:
ASSISTAM, INSPIREM-SE E PERMITAM-SE IR MAIS ALÉM.
É um filme precioso.
Segue o filme completo com legenda.
E, mais uma vez, vamos agradecer a amiga que nos indicou o filme. Ela realmente estava inspirada pelo alto! Obrigada, Rosana!


domingo, 13 de abril de 2014

Atividade: Engendrando um plano Reencarnatório

Como vão amigos?
Agradecendo aos inúmeros visitantes que passam por aqui! É um prazer recebê-los neste cantinho.
Fiquem à vontade para deixar um recadinho. Vamos adorar receber a sua sugestão!
Novo livro de Lucia Moysés.

Bem, hoje vamos de mais uma dica de atividade para jovens e adolescentes.
Esta dinâmica foi executada por minha mãe e retirada do novo livro de Lucia Moysés - A EVANGELIZAÇÃO MUDANDO VIDAS. (Eu ainda não o li, mas...Minha mãe devorou e recomenda!)

Eu apenas dei uma adaptada para disponibilizar para vocês.
Acho útil dizer que esta aula foi aplicada e teve ótimos resultados, pois permite que o jovem vivencie e colabore na execução da tarefa. E, a partir dela, possa compreender o que consiste a aula.

TEMA: APLICABILIDADE DA REENCARNAÇÃO - PARA QUÊ REENCARNAR.

Após aula expositiva sobre o tema (baseada nos livros da codificação) a fim de dar aos jovens embasamento técnico partimos para a dinâmica.

DINÂMICA: ELABORANDO UM PLANO REENCARNATÓRIO.

O facilitador deverá dividir a turma em grupos ( a quantidade de componentes fica a critério do facilitador) e distribuir as fichas reencarnatórias ( NO ANEXO - ABAIXO) que constituirão os Departamentos de Reencarnação.

Cada Departamento (grupo) receberá as fichas que contêm um breve histórico sobre a última reencarnação de uma personagem e a missão do grupo é engendrar um novo plano reencarnatório para aquele Espírito.

No anexo, disponibilizo uma ficha em branco. O facilitador poderá levar revistas para que os jovens recortem figuras que representem o novo corpo da personagem ou lápis e canetas para que possam desenhar o novo corpo. Há também um espaço para que o grupo possa escrever o novo plano para aquela personagem.

Dar algum tempo para a execução da tarefa e ao final pedir para que os grupos apresentem suas histórias para os outros. 
Incentive-os a questionar os planos reencarnatórios, buscando envolvê-los nos planejamentos feitos por todos os grupos.

É uma excelente oportunidade para fazê-los pensar em como é complexo e interessante a tarefa de planejar uma vida levando em consideração o livre arbítrio daquele Ser. (Afinal, nenhum planejamento é "fechado", ele depende de inúmeras variáveis.)

Abaixo deixo para vocês os anexos. Basta copiar para o seu computador e imprimir.

ANEXO 1
ANEXO 2
ANEXO 3
FICHAS

domingo, 9 de março de 2014

O Mito da Criação

Olá, amigos! Saudações!

Esta é uma aula que gostei muito de aplicar. Envolve o Mito da Criação Divina. Estávamos estudando a Gênese e a Criação do Mundo. Então, para tornar a aula interessante debrucei-me sobre a simbologia presente em Adão e Eva.

Para estabelecer um parâmetro e levá-los a pensar de forma crítica distribuí outros mitos da criação desenvolvidos por outros povos. A ideia é levá-los a pensar e discutir.

AULA - O MITO DA CRIAÇÃO DIVINA

Aula específica para adolescentes e jovens.
Objetivo: pensar sobre Deus através da simbologia presente em Adão e Eva e levá-los a raciocinar sobre o papel da ciência dentro da Doutrina Espírita.

Começar a aula apresentando o vídeo THE ANIMATOR - 2008. Disponível abaixo:




A animação trata sobre a criação do mundo de uma forma divertida. Ela vai preparar o terreno para os futuros debates.

Após, dividir os jovens em duplas ou trios e distribuir os anexos com os mitos indianos, pré colombianos e egípcios...Procure dar a uma dupla a bíblia com a versão de Adão e Eva (Acho interessante deixar na Bíblia para que os jovens manuseiem o livro, por isso não transformei a história em um anexo como os demais.) 

Deixar que os jovens tenham alguns minutos para ler e pensar no que lhes foi dado.

Após, pedir para que cada um leia o seu mito para todo o grupo e a partir daí conduzir as discussões.

PARA REFLETIR ( ESTAS FORAM PERGUNTAS QUE IDEALIZEI PARA MIM MESMA E QUE UTILIZEI COMO BASE PARA AS DISCUSSÕES):

  1. É possível comparar estes mitos com a versão presente na Bíblia – Adão e Eva? Estes mitos podem ser considerados reais?
  2. Adão é Eva é uma visão "falsa" da criação? Como podemos afirmar com tanta certeza de que algo é "falso"? Tomamos como parâmetro o quê? ( a visão científica - É importante lembrar que a Doutrina Espírita leva em consideração a ciência.)
  3. O Pentateuco canônico  - Por que a afirmação de que Adão e Eva está "errado" promove tanta comoção? ( GÊNESE, CAP. IV, QUESTÃO 8)
  4. Por que entre todas as visões de criação do mundo Adão e Eva foi a escolhida como a universal? ( VER GÊNESE, CAP. IV, QUESTÃO 5) / ABORDAR ALEGORIAS, TAMBÉM NA GÊNESE CAP. XII – GÊNESE MOSAICA) 
  5. O que há de comum entre Adão e Eva e estes outros mitos? ( crença em um poder superior – VER LIVRO PRIMEIRO (DEUS) QUESTÃO 5 E 6 do Livro dos Espíritos)

Minha intenção com esta aula foi fazê-los pensar sob parâmetros científicos e dentro do que nos traz Allan Kardec na Gênese. Quis deixar claro que "Adão e Eva" não é uma visão falsa, assim como todos os mitos não eram falsos para os povos que os conceberam. Apenas visões alegóricas de eventos cuja magnitude não foi possível entender completamente, à época.

Essa aula trouxe muitos questionamentos, inclusive algumas declarações que poderiam ser consideradas ofensivas a quem crê no criacionismo. O que é ótimo, porque assim se apresenta a oportunidade para lembrá-los de que devemos respeitar a diversidade de crenças, sem deixar de abordar a visão proposta pela Doutrina Espírita.

Não esqueça de ter a mão " A Gênese" de Allan Kardec.

ANEXOS - MITOS
Todos os mitos foram extraídos da Revista Superinteressante. Eu apenas os resumi. Você pode incluir outros mitos. Fique à vontade para enriquecer a aula como desejar.


Anexo I - Imprima e recorte.


Anexo II - Imprima e recorte.